RN tem aumento de 50% nas exportações em 2021, aponta Fiern

12/01/2022


Foto: Canindé Soares

 

O ano de 2021 fechou com alta nas exportações do Rio Grande do Norte, que registrou um crescimento de 50,9% em relação ao ano anterior. Esse é o apontamento do Balanço do Comércio Exterior do RN, elaborado e divulgado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern).

Um dos destaques dos produtos exportados foram frutas, tecidos de algodão e pescados no mercado internacional que aumentaram longo do ano. Em valores, as exportações potiguares saltaram de US$ 340,7 milhões em 2020 para US$ 514,1 milhão.

Ttecidos de algodão (+89,7%) peixes (+126%) e lagostas (+215%) foram os que tiveram aumento significativo em comparação com 2020. Além de melões e melancias foram os demais produtos com maiores valores exportados, todos apresentando crescimento.

Segundo o relatório, valores exportados de peixes e lagostas vão além de uma simples recuperação do período mais crítico da pandemia em 2020. O resultado desses produtos foi o maior registrado desde 2004, último ano pesquisado pela Fiern, quando os camarões eram o principal produto da pauta.

Vale lembrar que como melões e melancias tem um regime de exportações baseado em safras, que vão de agosto a março, aproximadamente, o órgão informou que uma avaliação mais precisa sobre a exportação dos produtos poderá ser feita em abril.