Emparn registra chuva em 93 municípios do RN

13/01/2022


Foto: Reprodução

 

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou chuvas em 93 municípios potiguares em 24h. O dado é válido a partir das 7h desta quarta-feira (12) até as 7h desta quinta-feira (13).

As chuvas ocorreram em todas as regiões do estado, com ênfase na região Central do RN. O maior volume registrado foi o de Parelhas, com 81,2 milímetros. A média para o mês de janeiro era de 26,8mm na cidade.

No Seridó potiguar, em Caicó, a chuva ocasionou alagamentos em vários bairros do município.

No Oeste do estado, as chuvas tiveram mais veemência em Umarizal – onde foram registrados 75mm – e Riacho da Cruz – onde foram registrados 54mm.

“A Zona de Convergência Intertropical está atuando no Rio Grande do Norte trazendo condições favoráveis para chuvas”, explicou o chefe da unidade de Meteorologia, Gilmar Bristot.

CHUVAS DE JANEIRO

O primeiro mês de 2022 tem registrado bons volumes de chuva, que estão sendo bem distribuídas por todo o estado, segundo a Emparn.

A análise inicial das chuvas acumuladas no RN, até esta quinta-feira (13), mostra 62 cidades com chuvas consideradas normais, 37 acima do normal, 8 chuvosas, 29 secas e 7 considerados muito secos.

Em alguns municípios, já choveu mais do que o previsto para o mês inteiro. Venha Ver (142mm) é um exemplo. Senador Elói de Souza (119,4mm) é outro. Algumas cidades já receberam mais chuva em 2022 do que em 2021 inteiro, como em Nova Cruz, Santa Cruz e São José do Campestre.

“A previsão para o mês de janeiro de 2022 é de chuvas com volumes de normal a acima do normal. Na próxima semana está programada reunião com os meteorologistas do Nordeste para a análise da previsão climática dos próximos meses”, afirmou Bristot.

PREVISÃO PARA O FIM DE SEMANA

As análises meteorológicas apontam para mais chuvas em todas as regiões do estado. “A previsão para o final de semana é de boas chuvas tanto no interior e na região litorânea”, comentou Bristot.