“Candidatura de Dória é inviável”, diz Aécio Neves

18/05/2022


Foto: gazetadopovo.com.br

 

Em entrevista à imprensa, nesta terça-feira (17), o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) falou sobre a eleição presidencial e aproveitou para comentar as possibilidades da legenda no pleito. De acordo com o parlamentar, a candidatura de João Dória ao Palácio Planalto é inviável. 

 

Como forma de embasar seu parecer, Aécio, que foi postulante à presidência em 2014, afirmou que a legenda precisa continuar as tratativas com o MDB, a fim de entrar em um consenso em torno de um nome competitivo para a terceira via. Ademais, o político mineiro destacou que, percebendo a impossibilidade de êxito, o próprio Dória deve ter a grandeza necessária para abdicar da disputa. 

 

“O que se espera é que, se candidatura se mostra inviável, o próprio candidato possa fazer uma reavaliação e permitir ao PSDB continuar apresentando ao Brasil um projeto. Continua-se conversando com o MDB, não se avança em entendimento sobre pesquisa (para a definição do nome), nada disso”, declarou Aécio. 

 

Apesar de enaltecer um possível conchavo com o MDB, Aécio defendeu a ideia de uma candidatura própria do partido. “Eu defendo candidatura própria do PSDB e tenho expectativa ainda que, quem sabe num gesto de desprendimento e de grandeza, o próprio ex-governador João Doria possa construir essa saída, que é o sentimento majoritário da reunião de hoje”, disse. 

 

Por fim, ainda no que se refere à presença de Dória na corrida presidencial, Aécio sugere que o partido faça uma reunião em caráter de urgência, cuja finalidade seria a argumentação dos tucanos sobre os problemas que a insistência da candidatura do governador de São Paulo acarretaria à legenda. “Eu sugeri que possa ser feita o mais rapidamente possível uma reunião para que o candidato João Doria ouça dos seus companheiros de que sua candidatura traz prejuízos para o partido. Nós estamos dando a ele a oportunidade de construir a saída para esse processo”, concluiu.