Petrobras anuncia renúncia do presidente José Mauro Coelho

20/06/2022


Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado / Estadão

 

José Mauro Coelho não é mais presidente da Petrobras. A estatal anunciou sua renúncia nesta segunda-feira, 20. Apenas dois meses no cargo, Coelho pediu demissão. Segundo a Petrobras, a nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração.

Ex-secretário de Petróleo do Ministério de Minas e Energia, Coelho assumiu a presidência da Petrobras em 14 de abril deste ano, em assembleia de acionistas da estatal. 

Coelho havia sido eleito para o cargo após descontentamento do presidente Jair Bolsonaro (PL) com a atuação do general da reserva Joaquim Silva e Luna na presidência da empresa, que teve de subir fortemente os valores dos combustíveis nas refinarias para acompanhar a escalada do petróleo na esteira da guerra da Ucrânia.

Pessoa de confiança do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, Coelho foi secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do ministério entre março e 2020 e outubro de 2021. Ele também foi diretor da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e atuou na Agência Nacional do Petróleo (ANP) por 15 anos.

Coelho também é ex-oficial de Artilharia do Exército. Ele é graduado em química industrial pelas Faculdades Reunidas Professor Nuno Lisboa, especialista em ciências dos materiais pelo Instituto Nacional de Tecnologia (INT), mestre em engenharia dos materiais pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e doutor em planejamento energético pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Fonte: Redação Terra