Vereadora pede que a Prefeitura decrete “estado de calamidade” em Parnamirim

04/07/2022


 

As chuvas do último final de semana que atingiram a região metropolitana de Natal afetaram de forma demasiada a população. Em vídeos espalhados pelas redes sociais, o que pode ser visto são os problemas que o volume elevado de água trouxe com a abertura de crateras, buracos, ruas inundadas e intransitáveis, além da inundação em várias casas e comércios. 
 
Em Parnamirim, diversos bairros e avenidas ficaram submersos com a chuva, que teve registro de 281mm, mais que o esperado do mês todo. Durante a sessão na Câmara dos Vereadores de Parnamirim nesta segunda-feira (4), a vereadora Fativan Alves (PV), usou de seu momento de discurso para solicitar ao Prefeito Rosano Taveira, que decrete “estado de calamidade” no município. 
 
Fativan usou como exemplo o Prefeito de Natal, que decretou calamidade na cidade. A vereadora fez o pedido para que sejam realizadas ações emergenciais para solucionar os estragos deixados pelas fortes chuvas. 
 
“Se solicitarmos ao Prefeito a limpeza dos bueiros, a limpeza das lagoas de captação,a compra e trocas das bombas, ele vai dizer que depende de licitação. Então, que declare calamidade pública, porque não terá mais a desculpa que se necessita de uma licitação para resolver os problemas da nossa cidade” discursou a vereadora.
 
A publicação do decreto dispensaria a realização de uma licitação para contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres. 
 
“Nós queremos que a Prefeitura de Parnamirim faça algo por nossa cidade. Que nas próximas chuvas não aconteça a mesma coisa; É o mínimo que pode ser feito”, afirmou a parlamentar.
 
Além disso, a vereadora Fativan Alves prometeu que ela e os demais vereadores da Câmara vão preparar uma ação para ajudar todos os afetados pelas chuvas.