Governo do RN inicia do pagamento de auxílio de 1 mil reais a famílias desabrigadas pelas chuvas

03/08/2022


Foto: Reprodução

 

O Governo do Rio Grande do Norte informa ter iniciado o pagamento da parcela única do auxílio financeiro emergencial no valor de R$ 1.000,00 (mil reais), destinado a famílias desabrigadas e/ou desalojadas de 13 municípios que decretaram estado de emergência e/ou calamidade em decorrência das chuvas de julho.

 

O auxílio foi regulamenta do pelo Decreto Estadual n° 31.680, de 13 de julho de 2022, e em consonância com o reconhecimento da situação pelo governo federal.

                    

No RN, 21 municípios decretaram estado de emergência e/ou calamidade mas somente 13 vão receber o benefício de acordo com o reconhecimento federal pelo Sistema Integrado de Informações sobre Desastres no Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil.

 

A SETHAS enviou o auxílio nesta terça-feira (02/08) para banco e o dinheiro já está nas contas dos municípios que assinaram o termo de aceite. Os repasses do auxílio financeiro emergencial feitos pela SETHAS, até hoje (03/08), foram para sete municípios: Natal (R$ 31.000,00), Ceará-Mirim (14.000,00), Parnamirim (179.000,00), Nísia Floresta (400.000,00), Extremoz (5.000,00),  Canguaretama (R$ 253.000,00) e Touros (57.000,00).

 

Não receberam os municípios que ainda não enviaram ao Governo do Estado o termo de aceite para o repasse fundo a fundo dos recursos, como pactuado pela Comissão Intergestores Bipartite (Resolução nº 23/2022) e aprovado pelo Conselho Estadual de Assistência Social–CEAS (Resolução nº 19/2022).

 

O Decreto estadual determina que compete exclusivamente ao município  identificar as famílias elegíveis ao auxílio e cadastrá-las mediante atuação das secretarias municipais de assistência social e das coordenadorias municipais de Proteção e Defesa Civil.

 

O pagamento é feito diretamente pelo município ao representante de cada família identificada mediante transferência bancária realizada pelo Fundo Municipal de Assistência Social, e deverá ser realizado no prazo de até trinta dias da data de repasse dos recursos estaduais.

 

Municípios aptos a receberem o auxílio emergencial do Governo do Estado:

Canguaretama

Ceara-Mirim

Extremoz

Ielmo Marinho

Macaíba

Nova Cruz

Natal

Nísia Floresta

Parnamirim

Touros

Várzea

Boa Saúde

São Gonçalo do Amarante