José Pinto Júnior

07/03/2019
Presídios, Darci e as escolas municipais
 
Há anos o antropólogo Darci Ribeiro declarou que se o Brasil não investir em escolas teria que investir em cadeias. Alertava que os centavos pagos por vagas em cadeias, é investimento maior do que se paga por vagas em escolas. 
 
Enquanto sociedade, pagamos para manter as pessoas presas, para piorarem na cadeia. Mas não investimos nas escolas que são sinônimo de equidade, de oportunidade, de conhecimento. 
 
Causa desesperança quando visitadas, escolas sem cuidados, escolas com banheiros interditados, escolas com ventiladores que não funcionam, como se fossem para as crianças não gostarem. Como se a construção do conhecimento não pudesse acontecer em um espaço limpo, agradável e belo. 
 
Fisicamente, Darci Ribeiro está morto. Mas suas palavras escritas e faladas estão vivas nas salas das escolas municipais tão mal cuidadas de Parnamirim.