Médicos recusam proposta do Município e greve está mantida

30/11/-0001

Por: Blog do BG
Os profissionais vinculados à Cooperativa dos Médicos do Rio Grande do Norte decidiram, em assembleia, por não aceitar a proposta da Secretaria Municipal de Saúde. Deste modo, continuam em greve. A categoria suspendeu as atividades desde a quarta (12), em razão dos atrasos nos pagamentos dos plantões e cirurgias.

A assembleia foi realizada na noite de ontem, 13, por volta das 19h30, no auditório da Associação Médica do RN. Além de não aceitarem a proposta do município, lançaram uma contraproposta. Querem que os meses de junho e julho sejam pagos imediatamente e que o pagamento de agosto seja agendado para o dia 15 de outubro.

De acordo com a categoria, mesmo com a parcela apaga nos últimos dias, a Prefeitura de Natal ainda deve um valor superior a R$ 4 milhões para a Cooperativa dos Médicos.

E a paralisação nas unidades básicas refletiu diretamente na piora do caos instalado no Walfredo Gurgel, que é custeado pelo Governo do Estado. A informação é de que tem médico pedindo pra sair de lá.