14 cidades cancelaram o carnaval de rua em 2022 no Estado do RN

14/01/2022


Foto: Reprodução
 
Devido aos altos índices de casos de contaminação da Covid-19, assim como a síndrome gripal, 14 cidades já anunciaram o cancelamento do carnaval de rua no Rio Grande do Norte, que deveria acontecer no período de 26 de fevereiro e 1º de março. A festa carnavalesca foi suspensa até o momento nas cidades de: Natal, Parnamirim (Pirangi), Macau, Areia Branca, Apodi, Tibau, Tibau do Sul, Assu, Pendências, Grossos, Dix-sept Rosado, Alexandria, Upanema e Almino Alfonso.
 
No Brasil, 19 das 27 capitais, tiveram a festa suspensa.
Algumas entidades representativas do comércio do RN, como turismo e hotelaria, divergem sobre o cancelamento devido ao impacto causado na economia, no entanto essa probabilidade já estava sendo esperada pelas instituições, o que esta sendo concretizado a cada anúncio de cancelamento publicado pelos poderes do executivo municipal.
 
No entanto, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Rio Grande do Norte (Abrasel/RN) contesta a decisão. O conselheiro nacional da instituição, Max Fonseca, acredita que há condições sanitárias para a manutenção do carnaval público e que o cancelamento das festividades significará mais uma baixa para o setor.
 
“A Abrasel sempre defendeu a ciência, a vacina e as medidas que visavam proteger a população. A gente tem acompanhado a situação, inclusive na África do Sul, onde a Ômicron já aconteceu,  foi violenta e rápida. Hoje nós temos aqui um índice altíssimo de vacinação e rede hospitalar desafogada e a princípio a gente não vê os motivos que levaram ao cancelamento da festa”, diz Fonseca em resposta a um jornal local