Papa Francisco deixa Roma em direção ao Rio de Janeiro

22/07/2013

Por: EFE

O avião que levará o papa Francisco de Roma para o Rio de Janeiro, onde presidirá a 28ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), decolou na manhã desta segunda-feira na Itália (madrugada em Brasília) em um voo comercial da Alitalia.

A aeronave --um Airbus A330 da companhia italiana Alitalia-- decolou do aeroporto de Fiumicino às 8h55 locais (3h55 de Brasília) e deve aterrissar no aeroporto do Galeão, no Rio, às 16h de Brasília.

O pontífice, que levava pessoalmente um bolsa preta de viagem, voará acompanhado do secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone; do Substituto ("número três" do Vaticano) da Secretaria de Estado, o arcebispo Giovanni Angelo Becciu; e de membros desse departamento.

Também acompanham Francisco os cardeais Marc Oullet, canadense, presidente da Comissão Pontifícia para a América Latina; e João Braz de Aviz, brasileiro, prefeito regional da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada.

Uma vez no Brasil se unirão ao séquito papal o arcebispo do Rio de Janeiro, Orani João Tempesta; o cardeal presidente da Conferência Nacional de Bispos do Brasil, Raymundo Damasceno Assis; o cardeal Stanislaw Rylko, presidente do Pontifício Conselho para os Laicos, do qual dependem as JMJs; e o núncio, Giovanni D'Aniello.

Também o acompanham o mestre de cerimônias pontifícias, Guido Marini; seu médico pessoal, Patrizio Polisca; o organizador das viagens papais, Alberto Gasbarri; membros da segurança do Vaticano e mais de meia centena de jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas.

O pontífice recebeu despedidas no aeroporto do presidente do governo italiano, Enrico Letta, e do bispo do Porto-Santa Rufina, do qual depende Fiumicino, Gino Reali.

Esta é a primeira vez que Francisco visita o Brasil e a primeira JMJ que preside, "herdada" de Bento 16, que tinha previsto participar, mas que renunciou ao pontificado em 28 de fevereiro passado.

Francisco voltará a Roma na manhã do dia 29 de julho próximo.

MENSAGEM

Em sua conta no Twitter, o papa expressou sua "alegria" porque em breve estará no Rio de Janeiro para se encontrar com os jovens em ocasião da Jornada Mundial da Juventude.

"Dentro de algumas horas chego ao Brasil, e já sinto o coração cheio de alegria por em breve estar celebrando com vocês a 28ª JMJ", escreveu o papa.

Fonte: Folha de S. Paulo