´Parasita` faz história no Oscar e vence melhor Filme e Direção

10/02/2020

Por: Cefas Carvalho
Foto: TNT
 
Filme sul-coreano aclamado no Festival de Cannes e que impactou e fascinou cinéfilos do mundo inteiro fez história nesta noite ao se tornar o primeiro filme de língua não inglesa a vencer como melhor Filme. "O artista", produção francesa, venceu em 2012, mas, ironicamente era uma filme mudo.
 
O diretor Bong Joon Ho venceu na categoria, superando o favorito Sam Mendes, de "1917" e os já lendários Martin Scorcese e Quentin tarantino. Venceu também como Roteiro Original e Filme internacional. 
 
Como era esperado, Joaquin Phoenix (Coringa) e Reneé Zelwegger (Judy) venceram como Ator e Atriz, respectivamente.
 
A festa do Oscar teve discursos contundentes e emocionantes e surpresas musicais, como Billie Ellish cantando "Yesterday" e o rapper Eminen cantando canção dele que venceu o Oscar em 1998.
 
O documentário brasileiro "Democracia em vertigem", de Petra Costa, perdeu na categoria para o favorito "American factory".
 
O favorito da noite, "1917", venceu apenas três prêmios técnicos (Fotografia, mixagem de som e efeitos visuais). "O irlandês" foi o grande derrotado da noite, não vencendo nenhuma de suas dez indicações.
 
Confira todos os prêmios:
 
Diretor: Jong Boon-ho (Parasita)
Atriz Reneé Zelwegger (Judy)
Ator: Joaquin Phoenix (Coringa)
Atriz coadjuvante: História de um casamento
Ator coadjuvante: Brad Pitt
Roteiro Original: Parasita
Roteiro adaptado: Jojo Rabitt
Fotografia: 1917
Direção de arte: Era uma vez em... Hollywood
Edição: Ford vs Ferrari
Figurino: Adoráveis mulheres
Efeitos visuais: 1917
Maquiagem: O escândalo
Trilha sonora: Coringa
Canção: Rocketman
Edição de som: Ford vs Ferrari
Mixagem de sim: 1917
Filme internacional: Parasita (Coreia do Sul)
Animação: Toy Story 4
Documentário de longa metragem: American Factory