Banco de Leite da MEJC continua recebendo doações durante pandemia

08/04/2021


 
O Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Escola Januário Cicco, unidade hospitalar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJC-UFRN) vinculada à Rede Ebserh, continua em funcionamento e recebendo doações durante a pandemia. As práticas de higiene durante coleta e transporte do leite materno também estão sendo reforçadas seguindo as orientações da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RBLH-BR).
 
De acordo com a coordenadora do Banco de Leite, Ana Zelia Pristo, não há evidências científicas que comprovem a transmissão pelo leite materno do covid-19. “Estamos seguindo as orientações enviadas pela Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, por isso a recomendação do aleitamento materno está mantida, desde que sejam tomadas todas as normas de biossegurança e condutas higiênicas sanitárias”, afirma.
 
Ela explica que os Bancos de Leite Humano já possuem em sua rotina cuidados na manipulação segura do leite humano. São utilizadas máscaras de proteção, toucas, luvas e aventais descartáveis durante os procedimentos e na visita domiciliar. “Durante o processo de doação, as mães deverão também estar devidamente trajadas com máscara, touca e ter feito a higiene necessária. Aquelas que estão com suspeita ou foram contaminadas pela Covid-19 devem suspender a doação por 14 dias, mas devem amamentar seus bebês sem interrupção seguindo protocolos de higiene nas mãos e proteção de máscara”, comenta.
 
O  Banco de Leite funciona como um centro de apoio, proteção e promoção ao aleitamento materno, além de oferecer todo o suporte para a coleta, armazenamento, seleção, classificação, processamento, controle de qualidade, estocagem sob congelamento e distribuição sob prescrição do leite materno doado.
 
O espaço tem o propósito de promover a manutenção do aleitamento materno, ajudando mulheres com dificuldades para amamentar. “Qualquer mãe que necessite de ajuda para amamentar seu bebê pode e deve procurar o serviço especializado dos Bancos de Leite Humano”, salienta a coordenadora.