"Nosso compromisso é com a inovação", diz diretor da Ener-eco

29/05/2021

Por: Redação PN

 

 

         Nesta sexta-feira, no jornal Potiguar Notícias - Segunda Edição, o jornalista Otávio Albuquerque entrevistou Boris Borisouch, diretor da Ener-eco, empresa de energias renováveis, que falou sobre os serviços de inovação da compania, além do custo e benefícios da energia solar para os consumidores.

         Segundo o diretor, o propósito da Ener-eco, desde sua chegada ao Brasil, é oferecer à população uma tecnologia de ponta e qualidade na instalação dos equipamentos. Para ele, graças ao empenho dos profissionais responsáveis (instaladores), a empresa está em desenvolvimento e, consequentemente, ajudando o estado do Rio Grande do Norte a fomentar o seu potencial energético.

         Em relação às inovações tecnológicas que a empresa propõe, o diretor ressalta uma delas: "temos um trabalho muito consistente com os pequenos agricultores de alguns municípios do estado, a partir do sistema solar para bombeamento da água do solo. O sistema de bombeamento fornece a energia necessária para bombear a água a qualquer distância, e pode ser instalado em qualquer local, até porque não depende da rede elétrica para funcionamento. A irrigação não falha, a água sai na hora e na quantidade certa para irrigação, animais e consumo próprio. Um sistema seguro para que nunca falte água".

        No que se refere ao custo de instação e benefícios da energia solar, Boris Borisouch esclarece: "trata-se de uma energia muito barata e que, nos próximos anos ou décadas, será a principal fonte de energia do planeta, uma vez que é limpa, renovável e traz inúmeros benefícios ao meio ambiente. Ademais, nós temos atualmente uma parceria com o Banco do Brasil, como também com o Banco do Nordeste, que, apesar da burocracia, oferece ao consumidor uma linha de crédito com a menor taxa de juros. Temos, ainda, uma parceria com o SICOOB, que é uma cooperativa que resolve rapidamente processos burocráticos para pessoas jurídicas. Em suma, a pessoa não paga nada além do que já é pago para a COSERN e, depois de 5 anos de financiamento, ela possui um equipamento de ponta e com 20 anos de garantia", finaliza.

 

Para assistir à entrevista, acesse o link: https://youtu.be/AExQQxbd7Ys