Claudino Leite

18/05/2021
PARE E REFLITA...
“Mas a sabedoria que do alto que vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia” (Tiago 3:17).
 
A CARTA DO APÓSTLO PAULO
Preocupado com essa diabólica Pandemia os dias e as noites levam a gente a ser monge de monastérios que nós mesmos vamos inventando. Sair, só se for para vez em quando encontrar os amigos, sem incomodá-los com demoras. A vida sabe traçar limites, circunscrever-se ao seu pequeno território, cingir-se a si mesma. O tempo vai passando e todas as coisas que antes pareciam indispensáveis à vida, vão caindo na mesmice infinita e ficam só as pessoas queridas, quando chegam e iluminam a vida trazendo satisfação. Ai, no crepúsculo da tarde de sexta-feira última relembro para os meus poucos leitores o que as Escrituras Sagradas nos ensinam na carta do apó stolo Paulo aos Colossenses 4- 6: “Seja a nossa palavra sempre agradável, temperada com sal, para que saibamos como responder a cada um”. A Bíblia Sagrada recomenda, em Efésios, 4:29, que” não saia da nossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem”. Quando nos deparamos, principalmente nas redes sociais, com pessoas usando uma linguagem paradoxal às boas relações e ao respeito que devemos ter uns para com os outros. Citada por Paulo à Igreja em Éfeso, a palavra torpe significa de uma maneira geral, algo desagradável, que causa repugnância, insultando os bons costumes o prejudica uma comunicação fraterna. Em Tiago 1:19 de sua edificante carta. Ele aconselha que “todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar e para se irar. Mas, o que vemos nos dias atuais , são os entendidos de tudo, especialistas em assuntos gerais, julgadores e inquisidores, prontos empregar a palavra mais áspera possível para atingir quem pensa diferente.
 
BOM EXEMPLO
Surpreende que o nosso comportamento vem muitas vezes de quem deveria dar o bom exemplo. Tiago nos ensina mais, em 3:1-2 de seu livro: “Muitos de vocês não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo. Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo. No capítulo 13, Tiago pergunta: “Quem dentre vocês é sábio e entendido?” E completa: “Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria”. Ainda na leitura do livro de Tiago, capítulo 3:17-18, extrai-se uma orientação para a busca da sabedoria em Deus, em meio à turbulência dos dias atuais: “Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia”. Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz. Fundamentado em tudo isso, reflitamos no ensino do Senhor Jesus, em Mateus 11:29: “Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração”. Por fim, sejamos imitadores de Cristo no comportamento e no falar. Que as nossas palavras sejam para levar às pessoas ao arrependimento de seus pecados, que sirvam para consolo, edificação, em favor da restauração de vidas e salvação de outras criaturas, tendo como base o evangelho do Senhor Jesus.
 
IDEOLOGIAS ABALAM AMIZADES?
Ah, que pena! Enquanto essa peste do coronavírus que não negocia com ninguém e vem matando, impiedosamente as pessoas e amigos de longos anos vêm rompendo laços de uma amizade fraterna por conta de suas ideologias. E o que é pior, se você falar que não concorda com governo tal, já lhe rotulam como direita ou esquerda. Quando se analisa o que está em jogo os que são amigos que brigam, se ofendem e se afastam por diferenças de opinião política. De um lado, está um amigo que pensa diferente de você. Do outro, está a sua opinião. Se você chega ao ponto de brigar com um amigo por ele ter ideias distintas das suas, isso deixa-nos evidente que você valoriza ma is a sua opinião pessoal do que o amigo. Na Bíblia Sagrada, há dezenas e dezenas de preceitos que falam sobre amor ao próximo, pacificação, reconciliação, perdão, bons relacionamentos, não devolver mal com mal, abençoar quem nos amaldiçoam, orar por quem nos maltratam e por ai se vai.  À luz do Evangelho de Cristo, não há nenhuma dúvida: sua opinião sobre política partidária não vale nada em comparação aos relacionamentos de amizade e, especialmente, fraternidade. Aqui, na terra somos peregrinos estamos de passagem, pois, célere são os dias, os meses e os anos e tudo passa rapidamente. Até o nosso corpo se tornar inerte e a ciência declarar o fim.
 
PANDEMIA É CRUCIAL
O arqueólogo e teólogo Rodrigo Silva lembrou que já tem mais de dois mil anos que Jesus fez a promessa de que “em breve voltaria” e até hoje não voltou. “Até quando ficaremos neste mundo enfrentando sofrimentos e desapontamentos, orando e pedindo a Deus por proteção já que estamos cercados de perigos?”. Questionou. Ele publicou uma live em janeiro, em seu canal no YouTube, falando sobre o tema: O que falta para Jesus voltar? “A promessa da segunda vinda de Cristo é um dos assuntos mais repetidos na Bíblia Sagrada e há mais de duas mil referências, diretas ou indiretas, sobre a volta de Jesus e sobre o juízo final, tanto no Antigo como no Novo Testamento”, comentou.
 
JESUS EM  BREVE VOLTARÁ
“Quão breve é esse ‘breve’?”, Rodrigo questiona ao citar Apocalipse 3:11 - “Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”. O que realmente significa o termo “sem demora” quando mais de dois mil anos se passaram? “Entendi que o termo não é especificamente cronológico, mas qualitativo. É como uma grande pedra que se equilibra sobre uma pedra pequena sofrendo a erosão pelo tempo. Ela pode cair a qualquer momento, porém também pode se manter ali por mais mil a nos”, comparou. O arqueólogo explica que a volta de Cristo não é algo que se pode contar no relógio, porém pode acontecer a qualquer momento. “Sem mencionar que a volta de Cristo pode ser algo individual e acontecer para mim agora, se eu morrer”, exemplificou. Sinais da volta de Cristo: “Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu. Mas antes de tudo isso, prenderão e perseguirão vocês. Então os entregarão às sinagogas e prisões, e vocês serão levados à presença de reis e governadores, tudo por causa do meu nome.” (Lucas 21:10-12). O impor tante é que estejamos preparados.
 
DO FUNDO DO BAÚ
É para recordar: O saudoso potiguar João Fernandes Campos Café Filho (Café Filho) foi advogado e político brasileiro, tendo sido presidente do Brasil entre 24 de agosto de 1954 e de 8 de novembro de 1955. Também foi vice-presidente do país, entre 1951 e 1854, função que assumira simultaneamente com a de presidente do Senado Federal. Café Filho era evangélico filiado à 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Natal (IPI), na Rua João Pessoa – Cidade Alta, o seu belo templo que ainda apresenta a beleza arquitetônica da época.
 
IRÔNICO E POLÊMICO
O pastor Silas Malafaia, líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no Rio de Janeiro (RJ) usou novamente as redes sociais, para protestar veementemente contra a cobertura da imprensa respeitante a operação policial no Jacarezinho, comunidade da Zona Norte do Rio de Janeiro. Após se manifestar contra a rede Globo de Televisão, chamando a emissora de “lixo”, o pastor pentecostal criticou a CNN Brasil. Malafaia compartilhou o v&iac ute;deo que mostra a jornalista Daniela Lima falando sobre a operação no Jacarezinho. - O jornalismo idiota da CNN! Será que eles estão propondo curso de tiro para bandido? Em qualquer lugar do mundo , quem enfrenta a polícia e mata policial, se prepare para morrer - desanafou Malafaia. Talvez, se o religioso estivesse tomando conta do seu rebanho e pregando o Evangelho para a salvação das almas desprovidas de fé e esperança fosse mais proveitoso.
 
VALDOMIRO É MULTADO
O apóstolo Valdemiro Santiago, líder e fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), a pagar uma indenização de cerca de R$ 63 mil ao ca ntor gospel Fernando Moreira Campos. A condenação vem logo após à igreja ter perdido um outro processo judicial. A denominação foi punida pela justiça paulista a indenizar o cabeleireiro Jonas de Freitas, de 50 anos, por racismo. Segundo o portal UOL, o cantor Fernando Moreira foi contratado para interpretar algumas músicas que foram lançadas em um CD nomeado como “As Inesquecíveis Canções 2”, com tiragem de 700 mil cópias, e em dois DVDs. O cantor disse à Justiça que não recebeu o pagamento concernte aos direitos autorais e de imagem. Segundo o que Campos relatou no processo, os lucros foram “milionários”. Entretanto, o apóstolo frisa em sua defesa que, mesmo sendo a figura central das obras audiovisuais, ele não teve responsabilidade na produção e na comercialização. O líder religioso também revelou que o cantor recebeu uma remuneração pelo serviço contratado. O desembargador Costa Neto, relator do processo no Tribunal de Justiça, não aceitou a contestação e determinou que Fernando receba R$ 16,4 mil pelo CD e R$ 31,7 mil pelos DVDs. Além disso, também foi determinada uma indenização por danos morais de R$ 15 mil. Os valores serão acrescidos de juros.
 
LICENCIAMENTO AMBIENTAL
A evangélica da Assembleia de Deus no Acre (Rio Branco), a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, criticou o projeto que busca flexibilizar o licenciamento ambiental aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada. Segundo Marina, ele, na verdade, erradicou o licenciamento ambiental. Em entrevista concedida à gran de imprensa a ex-ministra frisa que, apesar da pressão, o Senado Federal não deve mudar o texto porque está dominado pelo que “há de pior no ruralismo brasileiro”. “Na verdade, a intenção é acabar com o licenciamento ambiental e favorecer empreendimentos sem cumprir regras de proteção ao meio ambiente e às comunidades. Há necessidade de modernizar a lei, mas isso não significa perder sua qualidade.”
 
O FAROL DE MÃE LUÍZA
É o vigia atento aos perigos do mar. Olhando se algo estranho chega de mar adentro, ou mostrando aos visitantes a silhueta da arquitetura local, o Farol de Mãe Luíza protege as águas potiguares da escuridão. Com 37 metros de altura da sua base ao topo e 87 em relação ao nível do mar, tendo sete metros de diâmetro com uma lanterna que alcança 24 milhas, isto é, 46 quilômetros. Construído no começo de 1949, pelo engenheiro Gentil Ferreira e inaugurado em 1951para proteger a cidade das lembranças e miragens de outra grande guerra. Hoje, sua rigidez monumental faz parte do cenário turístico de Natal, onde entre o mar e as dunas urbanas, sua presença impõe estilo e arquitetônico em relação ao bairro que lhe deu nome e moradia, dando orgulho ao povo simples que lhe cerca e o admira orgulhosamente. A administração do farol é feita pela Capitania dos Portos, por meio do Departamento de Hidrografia e Navegação vinculada à Marinha Brasileira. Dois sargentos faroleiros se revezam 48 horas para mantê-lo aceso; a essa troca se dá sempre nos finais de tarde, num ritual que é repetido ao amanhecer, no sobe e desce dos 150 degraus que se desenlaçam no seu interior. Com ordem da capitania, o Farol de Mãe Luíza, a exemplo dos seus similares em todo o mundo, nunca deverá ficar apagado, desde que tenham entrado em funcionamento, segundo consta nas cartas náuticas. O não cumprimento, navios de grande porte teriam de fincar âncora e esperar o funcionamento do farol, sob pena de sofrer avarias devido o acidentado relevo da costa ma rítima. A beleza do farol reflete sua postura de clareza durante as noites.
 
ORIGEM DOS FARÓIS
A história conta que o primeiro farol construído pelo faraó Ptolomeu Filadelfo, do Egito, em 28 a.C.,nas ilhas de Farol (motivo de origem do nome), na entrada do porto da cidade de Alexandria. A torre tinha 130 metros, em mármore branco, tendo no seu topo um foco luminoso, oriundo de uma fogueira acesa constantemente, que guiavam as embarcações movidas por velas e remos. 
 
O PORQUÊ DE “MÃE LUÍZA”
Mãe Luiza é fruto de uma ocupação de pessoas que vinham do interior do Estado, no início na década de 40, tendo maior impulso a partir de 1958 por motivo de uma forte seca que assolou o Rio Grande do Norte. Nesse mesmo ano, Mãe Luíza foi oficializado bairro, pelo então prefeito Djalma Maranhão. A origem de Mãe Luíza é marcada por muita dificuldade, além da localização de difícil acesso por causa dos morros e da mata atlântica fechada, as pessoas moravam em barracos de palha de coqueiro, papeis, barro e taipa, não havia água e a “luz elétrica” vinh a com a lua cheia. A maioria dos moradores trabalhava de biscates o que a natureza oferecia: frutos do mar e da mata. Em relação ao mito de que o nome do bairro deve-se a figura de uma parteira, Mãe Luíza, que teria morado na região, os moradores mais antigos explicam que não há provas de que ela realmente tenha existido. "Ela é o mito que, no imaginário das pessoas, significa símbolo de agregação. A figura mística de Mãe Luíza é a expressão do rosto dos seus moradores: a lavadeira, a parteira, a curandeira, a pessoa comum. O nome traz o sentido do que acolhe - a mãe - e do que é a própria luz: Mãe Luíza".
 
DECRETO ESTADUAL
Ampliação das atividades escolares, liberação de eventos corporativos, abertura de parques públicos para atividades esportivas e novo horário de funcionamento de bares e restaurantes são as principais medidas estabelecidas no Decreto Estadual n° 30.562, publicado na edição do Diário Oficial, quarta-feira,12 do corrente. Sua vigência  vai até 27 de maio. Elaborado após ouvir os principais segmentos da sociedade potiguar, o novo decret o altera o período de vigência do toque de recolher, que passa a ser das 22 às 5 horas da manhã, inclusive nos domingos e feriados; mantém o escalonamento de horários de funcionamento do comércio, dependendo da atividade econômica, e autoriza a prática de esportes coletivos em arenas, academias e similares, independentemente de estarem ou não vinculados a competições oficiais.
 
VOTO IMPRESSO
Na madrugada de quinta-feira, 13 de maio, a Câmara dos Deputados instalou a comissão especial para discutir a proposta de Emenda à Constituição (PEC) que obriga a impress&atild e;o de votos em eleições, plebiscitos e referendos.
Em junho de 2018, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu de forma liminar (provisória) barrar a medida e confirmou o entendimento em 2020, em julgamento no plenário virtual, quando considerou o voto impresso inconstitucional. A impressão do voto é propalada pelo presidente Jair Bolsonaro, que costuma lançar suspeitas de fraude em relação ao voto eletrônico, mas sem apresentar as provas. Ao completar 25 anos da urna eletrônica, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que, no período, “nunca se documentou uma fraude sequer”. Segundo ele, as urnas garantem “eleições limpas, seguras, transparentes e auditáveis”.
 
OBITUÁRIO 1
Morreu de Covid-19 o presidente do Alecrim Futebol Clube, Ubirajara de Holanda Cavalcante, 66 anos, na quarta-feira, 19 de maio passado. Ele estava internado e intubado há vários dias na Casa de Saúde São Lucas de Natal, onde ocorreu o óbito. “É com imenso pesar e consternação que a Diretoria do Alecrim Futebol Clube comunica o falecimento de seu presidente, Ubirajara Cavalcante, vítima de Co vid-19 teve a honra, a coragem e o desafio de assumir a direção do clube no momento mais difícil da história do Alecrim, que foi em 2017, ano do rebaixamento para a segunda divisão do time verde. Seu maior sonho era levar a equipe esmeraldina de volta para a primeira divisão do futebol potiguar. Seu legado de trabalho e amor pela esquadra alviverde será lembrado ainda por muitas gerações e merece o nosso respeito, admiração e agradecimento”. A Diretoria do Alecrim e toda a família esmeraldina presta as mais sinceras condolências e solidariedade aos seus familiares e amigos”. Assinam a nota Francisco Antônio de Souza Filho e Vice-Presidente e Flávio de Sousa Presidente do Conselho Deliberativo do Alecrim Futebol Clube.
 
OBITUÁRIO 2
Passou a estar com o Senhor na quarta-feira dia 12 de maio, o pastor Enoque Vitorino, 65 anos, líder da Assembleia de Deus do distrito de Traíras, campo eclesiástico de Macaíba, deste Estado, sob o comando do pastor Josafá Aquino. O seu falecimento foi em decorrência de um infarto agudo no miocárdio. Manifesto a minha solidariedade e os votos de pesar à família enlutada pedindo a Deus que conforte os corações de seus familiares, além da irmandade cristã pela sua partida, deixando a irmandade cristã assembleiana enlutada.
 
OBITUÁRIO 3
O lendário massagista do América Futebol Clube de Natal, Aldemir Tomaz de Araújo (Macarrão), faleceu na noite de quinta-feira, dia 13 fluente, no Hospital Walfredo Gurgel, onde se encontrava internado, vítima de traumatismo craniano depois de sofrido uma queda com forte impacto na cabeça em sua residência. O ex-massagista dedicou quase toda sua vida - 50 anos - ao clube, onde deixou seu legado de muitas amizades com o torcedor e jogadores alvirrubros pelos seus serviços prestados com dedicação aos atletas da equipe alvirubra. Apesar de ser uma das fun ções mais humildes em clube de futebol, é de vital importância dentro e fora de campo. O massagista é quem primeiro chega para assistir ao jogador, quando este se contunde dentro do gramado.Infelizmente, às vezes não é reconhecido pelas diretorias de seus clubes. Manifesto as minhas condolências aos familiares que choram com sua partida.
 
OBITUÁRIO 4
A advocacia potiguar está de luto. Consternado noticiamos o falecimento do advogado Agnaldo Fernandes Dantas Filho, 38 anos, transferido para Recife (PE) depois de ajuda de uma campanha solidária para a implantação do ECMO, numa operação que ainda mobilizou a escolta da Polícia Rodoviária Federal, deste Estado, ele não resistiu e após 32 dias, falecendo por complicações de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) ocorrido sexta-feira, 14 de maio findo, no Hospital Português. A fam&ia cute;lia agradece as doações, orações e mensagens de apoio, fé e esperança. O causídico deixa esposa e uma filha de 6 anos, além  de uma legião de amigos que estiveram ao seu lado durante todo esse tempo de luta e esperança.
 
 
GIRO PELO TWITTER...
...O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (FHC) revê trajetória em novo livro e diz que o Brasil naturalizou pobreza e desigualdade;
 
...O presidente da Assembleia de Deus Belemzinho, em São Paulo (SP), que liderou por muitas décadas a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), pastor José Wellington Bezerra da Costa, encontra-se internado com Covid-19 no Hospital Sírio-Libanês  na capital paulista, onde se trata da doença. Por meio das redes sociais, o pastor Wellington Júnior, seu filho pediu orações pelo seu pai, sem dar detalhes sobre o estado de saúde do ministro evangélico;
 
...Parabenizo a minha querida mana Zenaide dos Santos Leite Penha, leitora e incentivadora do colunista, que quarta-feira 12 de maio, completou mais uma primavera, sendo muito cumprimentada pela família, além dos amigos que lhes são queridos. Que o Mestre da Galileia conceda-lhe longuras de anos e longevidade de vida com as bênçãos materiais e espirituais, notadamente, as espirituais porque são mais importantes pois são eternas;
 
...Os meus amigos e irmãos em Cristo, membros da Assembleia de Deus em Natal, Marcos Barbosa do Nascimento e Robenilde Pereira do Nascimento, hoje, radicados em Adra (Espanha), desenvolvendo um trabalho profícuo de missões, leitores da coluna, apesar da Pandemia festejaram quarta-feira, 12 de maio do corrente, 37 anos de casados, ou seja, “Bodas de Pedra”. Parabéns ao venturoso par, desejando que Deus os abençoe e os protejam, hoje e sempre;
 
...Hermenêutica é a filosofia que estuda a teoria da interpretação, que pode referir-se tanto à arte da interpretação quanto à prática e treino de interpretação. A hermenêutica tradicional refere-se ao estudo da interpretação de textos escritos, especialmente nas áreas de literatura, religião e direito.e
 
...Segundo a jornalista Mônica Bergamo de o jornal “Folha de São Paulo” com mais de 430 mil mortos, o presidente Bolsonaro desiste de mover ação contra o Jornal Nacional  (JN) exibido pela rede Globo de Televisão por críticas à gestão da Covid.