Conexão Potiguar: Presidente do SINDERN e o PL do piso salarial dos enfermeiros

10/06/2021

Por: Luan Figueredo

No Conexão Potiguar desta quinta-feira (10), o jornalista Cefas Carvalho recebeu o presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Rio Grande do Norte (SINDERN), Luciano Cavalcanti. No ar de segunda a sexta-feira, você pode assistir o Conexão às 6h30 pela Band Natal ou à qualquer momento pelo nosso canal digital no Youtube, PNTVPLAY. 

 

A frente do sindicato que reúne a categoria, Cavalcanti relatou os desafios para aprovação do Projeto de Lei n° 2564, que altera a lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, para instituir o piso salarial nacional do enfermeiro, do técnico de enfermagem, do auxiliar de enfermagem e da parteira. Sobre a luta para aprovar o PL, Luciano afirma: "Eu costumo dizer que os políticos do Brasil têm uma grande dívida com a enfermagem, que é a aprovação do piso salarial e das 30 horas. Sabemos que é uma luta há mais de 67 anos, desde a época de Café Filho, que foi presidente que vetou o primeiro projeto e seguimos nesta luta até o momento. Consequente, sabemos que esse piso salarial é importante para saúde e importante para a enfermagem"

 

O papel do SINDERN, segundo o entrevistado, é atender as demandas necessárias para que a categoria desempenhe sua função. Para isto, o diálogo, através das assembleias das comissões coletivas, com as instituições privadas, além das negociações com o governo do estado e com os municípios é essencial. 

 

Sobre a valorização da categoria, Luciano Cavalcanti deixa clara a insatisfação com os gestores públicos ao afirmar que “precisou vir uma pandemia para tirar da invisibilidade os profissionais da saúde, principalmente os profissionais da enfermagem”. Por fim, conscietiza população a usar máscaras e manter o distanciamento social, pois não há profissionais de saúde em número necessário para conter uma possível terceira onda. 

 
Confira a entrevista completa: 
https://www.youtube.com/watch?v=03vprvRhppU