Seminário debate segurança na economia digital antes de reunião do G20

10/06/2024 10h38


Seminário debate segurança na economia digital antes de reunião do G20

Foto: Reprodução
 
O tema da segurança digital será incluído na pauta de discussões do G20, em evento que antecederá a 3ª reunião do Grupo de Trabalho de Economia Digital do G20, que acontece em São Luís (MA), de terça (11) a quinta-feira (13).
 
Por meio de parceria entre o Ministério das Comunicações e o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), acontece na cidade, nesta segunda (10), o seminário sobre Segurança na Economia Digital.
 
O tema será debatido entre representantes de entidades públicas, privadas, do terceiro setor e da academia provenientes de diversos países.
 
De acordo com o ministro-chefe do GSI, Marcos Antonio Amaro dos Santos, "as oportunidades geradas pela crescente digitalização trazem, também, grandes desafios. A segurança digital tornou-se preocupação central, não apenas para proteger pessoas, dados e informações, mas igualmente para garantir a resiliência e a integridade de nossas economias".
 
Os participantes abordarão pontos de interesse comum, como a troca de experiências bem-sucedidas para desenvolver a oferta de serviços públicos de qualidade por meio do governo digital, que garantam segurança para o tratamento dos dados dos cidadãos.
 
"Segurança no ambiente digital é fundamental nos dias de hoje e precisamos encarar esse debate. Ela é essencial para dar garantias para o desenvolvimento da economia digital, que tem um potencial fantástico de inclusão digital. Tenho certeza de que as nações podem encontrar um consenso mínimo sobre privacidade, segurança e liberdade no mundo digital", afirmou o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, que presidirá o evento com o ministro Amaro.
 
O seminário também vai explorar como as novas tecnologias, a exemplo da inteligência artificial e do blockchain, podem impactar na segurança e no desenvolvimento da economia digital, e apresentará modelos de políticas públicas para conscientizar a população sobre segurança digital.
 
O evento contará com a participação de integrantes do poder público (GSI; ministérios das Comunicações; Relações Exteriores; Ciência, Tecnologia e Inovação; Gestão e da Inovação em Serviços Públicos; Banco do Brasil e Telebrás), de entidades privadas (FIESP, CERT.br/NIC.br e CNPD) e acadêmicos (UnB e UFSC).
 
Entre os participantes estrangeiros, estarão Liina Areng, diretora do projeto de segurança cibernética da União Europeia (EU CyberNet); Jeremy West, chefe de Segurança e Proteção Digital da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE); Craig Stanley-Adamson, chefe de Estratégia Multilateral do Departamento de Ciência, Inovação e Tecnologia do Reino Unido; Rajesh Kumar, chefe da delegação da Índia no G20; Santiago Paz, especialista sênior do Setor de Cibersegurança do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID); e Ibrahim Alfuraih, consultor da Arábia Saudita.
 
As grandes plataformas de internet, como Google, Microsoft, Amazon, Huawei e Cisco, também terão participantes em diversos painéis.