Projetos sociais brasileiros serão apresentados na COSP17 na ONU

10/06/2024 11h00


Projetos sociais brasileiros serão apresentados na COSP17 na ONU

Foto: UNINASSAU
Reconhecido como um dos maiores grupos educacionais do Brasil, o Ser Educacional se destaca por sua atuação comprometida com a inclusão de pessoas com deficiência, contribuindo para o bem-estar e a qualidade de vida delas, motivo pelo qual foi convocado nesta edição. A empresa já participou anteriormente da COSP10 e COSP11 ao submeter seus projetos sociais. 
 
Durante o evento, serão apresentados os seguintes projetos: Praia sem Barreiras – banho de mar assistido; Bike sem Barreiras – passeio em bicicletas adaptadas; Calçada Sensorial – plataforma que simula uma calçada danificada para a sociedade compreender as dificuldades enfrentadas por essas pessoas; Mãe Esperança – bolsas de graduação a distância para mães de crianças com microcefalia; Novas Histórias – bolsas de graduação a distância para pessoas com Transtorno do Espectro Autista; e Circo Social – oficinas circenses para adolescentes com Síndrome de Down. Esses projetos, em sua maioria, são realizados pela UNINASSAU.
 
Créditos: UNINASSAU
 
Além disso, a participação do Ser Educacional na conferência visa buscar futuras parcerias e colaborações com outras instituições, assim como enriquecer os debates com perspectivas valiosas. 
 
"A promoção da inclusão na sociedade é um desafio que exige o engajamento de todos. Ao trabalharmos juntos, trocando ideias e se unindo em prol de um bem maior, podemos construir um mundo onde todos possam ter as mesmas oportunidades", explica Sérgio Murilo Jr., diretor de Governança Social do Grupo e integrante da delegação brasileira na COSP17.

Fonte: Com informações de Ser Educacional