Cefas Carvalho

26/05/2019
 
Análise sobre os atos pró-Governo: Sem povão, sem bom senso e sem resultados
 
Bem, agora que parece claro que as tais manifestações pró-Governo não foram bem sucedidas, apenar das Fake News com fotos de multidões antigas já terem começado a pipocar, vamos aos pontos:
 
1 - Como já foi dito por diversas pessoas, os atos de hoje serviram para fazer uma triagem: Comparecerem os bolsonaristas de coração que eram 10% na pré-campanha do ano passado e gente sem noção em geral. Direitistas racionais, oportunistas como MBL, sindicatos patronais com bom senso não se prestaram ao movimento.
 
2 - As pautas continuam vagas, como cabe ao bolsonarismo orgânico. "Contra a corrpção", "pelo país", tudo vago. As pautas objetivas, como fechamento do Congresso e do STF são pró-ditadura e, penso eu, até crime.
 
3 - Na maioria das imagens que vejo, a proporção de sempre de gente branca e classe média-alta. Diversidade zero, como sempre foi a tônica do bolsonarismo original. Percebe-se, portanto, que muita gente já se desligou de Bolsonaro, ainda que tenha votado nele (portanto, quando a militância de Esquerda parar com a vendetta e as ironias e decidir dialogar com esse pessoal, poderemos ter uma nova configuração político-eleitoral em 2020 e 2022).
 
4 - Apesar da louvação messiânica ao "mito" e a Moro, viu-se palavras de ordem contra Lula e Dilma, mas, principalmente contra Rodrigo Maia e ministros do STF. Este escrevinhador não consegue entender como pode ser positivo para Bolsonaro respaldar atos contra o sujeito que tem o poder de fazer a Reforma da Previdência que ele quer parar ou andar e contra a suprema corte do país. Enfim, se não for uma estratégia maquiavélica é atestado de alucinação mesmo.
 
Tem mais pontos a serem analisados, mas, ainda no calor do fim de tarde do domingão é o que se tem. Analisando friamente, o Governo perdeu com uma manifestação meia-boca. E sem povão.
 
PS: Seguem algumas das tradicionais imagens bizarras que estas manifestações sempre geram. Patriota de Capitão América e bandeira de Israel é até engraçado. Pedir fechamento de STF e Congresso, não. Nos EUA, que esse pessoal tanto ama, quem fizer isso sai algemado e preso.