Polícia Civil vai ouvir PMs sobre morte de torcedor do Botafogo-PB

13/08/2019

Por: Redação PN
Foto: Reprodução / Internet
A Polícia Civil em Ceará-Mirim vai colher os depoimentos dos policiais militares que estavam de serviço na noite do último sábado (10), no estádio Barretão para realizarem a segurança da partida válida pela série C entre o Globo e Botafogo-PB. 
 
Antes do início do jogo, o torcedor do Botafogo-PB, Eduardo Justino da Silva, teria sido agredido por pessoas ainda desconhecidas. Ele deu entrada no Hospital Percílio Alves mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 
 
Parentes de Eduardo e outras testemunhas serão chamadas para prestar esclarecimentos a delegada Karen Lopes, titular da delegacia de Ceará-Mirim. 
 
O laudo do ITEP apontou que a morte foi causada por hemorragias e uma ruptura no coração.