"A influência paterna foi decisiva na minha formação como poeta", diz José Acaci

19/04/2021

Por: Redação PN

 

 

          Nesta quarta-feira, às 6h 30, no programa Conexão Potiguar, pela Band Natal em parceria com a TV digital Potiguar Notícias, o jornalista Pinto Junior recebeu o poeta e cordelista José Acaci, que falou sobre o início de sua trajetória no mundo do cordel, além da apresentação de suas cinco obras poéticas: Histórias do Rio Pequeno, Conselhos para a Juventude, Gozando Rimando e Rindo, Histórias de Trancoso nos Meus Tempos de Criança, além de Histórias e Poesias.

         Segundo o cordelista, a sua inserção no mundo da poesia se deu a partir da influência do seu pai, que era um repentista e vendedor de cordeis, além das visitas de outros artistas cantadores em sua casa. Para ele, ainda, a ajuda que dedicava ao seu pai na comercialização das poesias na feira foi de fundamental importância para lhe despertar a paixão pelas versos cantados.

         Em relação ao seu primeiro livro, Histórias do Rio Pequeno, o qual narra a história do município de Parnamirim, o poeta salienta: "esse foi o livro que me deu mais trabalho, na medida em que precisei, durante um peíodo de quatro anos, fazer muitas pesquisas e entrevistas. Depois desse processo, as informações eram transfomadas em cordeis. Além disso, a fim de estabelecer uma coerência, todas as rimas e métricas precisavam ter relação com as falas da pessoas".

           No que se refere à publicação do seu novo livro, A Saga de um Cantador, José Acaci ressalta: "trata-se de um trabalho produzido pela editora Unilivreiros, e que conta a história de uma criança, oriunda de uma família muito pobre, mas que, com muito talento e dedicação, torna-se cantador de viola e repentista. Na verdade, o livro é um verdadeiro compêndio para aqueles que desejam aprender sobre os processos de construção da poesia popular", finaliza.

 

Paraassistir à entrevista, acesse o link: https://youtu.be/iWAt9MwTeeQ