“Gesto de grandeza” afirma senador tucano em relação à desistência da candidatura de Dória

24/05/2022


Foto: Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo

 

Através de suas redes sociais, nesta terça-feira, o senador Alessandro Vieira (PSDB-SE) comentou a desistência de João Dória (PSDB-SP) de sua pré-candidatura à Presidência da República. De acordo com o parlamentar, esse foi um “gesto de grandeza” protagonizado pelo governador de São Paulo. 

 

Apesar de enaltecer a atitude de Dória em abdicar da corrida ao Palácio do Planalto, Viera ressaltou que a vitória do mandatário paulista nas prévias do partido precisa ser respeitada, o que impediria que os tucanos tivessem outro representante na disputa. Eduardo Leite, ex-governador do Rio Grande do Sul, e o senador Tasso Jereissati seriam possíveis nomes da legenda para a corrida presidencial.

 

“O gesto de grandeza de Doria não deve servir de estímulo ao oportunismo. Na hipótese do PSDB apresentar candidatura própria, o nome seria Doria, vencedor das prévias. Essa etapa já foi superada. É hora de contribuir com o centro democrático apoiando o nome do MDB, Simone Tebet”, disse Vieira.

 

Apesar de ter vencido a disputa interna do partido, Dória nunca dispôs da aceitação geral do partido, sobretudo pelo fato de sua candidatura não se firmar como viável no grupo da chamada "terceira via" e não deslanchar nas pesquisas de intenção de voto. A sua retirada do pleito aconteceu após sofrer forte pressão dos colegas.