Vereadora propõe união entre os poderes para resolver os problemas causados pela chuva

05/07/2022


 

Em sessão na Câmara dos Vereadores de Parnamirim nesta terça-feira (5), a vereadora Fativan Alves (PV), solicitou à Prefeitura de Parnamirim agilidade no processo de contratação de serviços para os danos trazidos pelo volume elevado de chuvas, mas também pregou que o momento é de unir forças entre o legislativo e executivo para auxiliar no amparo das pessoas atingidas. 
 
Segundo a parlamentar, o pedido de rapidez nos processos é feito após a gestão declarar “estado de calamidade” no município, o que permite que o executivo faça contratos sem a necessidade de promover licitações.
 
A vereadora Fativan já havia solicitado ao Prefeito Rosano Taveira que decretasse calamidade pública, em outra sessão na Câmara ontem (4), sendo atendida no mesmo dia, com o decreto sendo promulgado no diário oficial do município.
 
Na tribuna, a vereadora trouxe relatos de moradores dos bairros de Emaús, Parque de Exposições e Boa Esperança, onde as bombas de drenagem de água das lagoas de captação não estão funcionando, causando alagamento em várias ruas, inundando casas e fazendo com que a população perca seus móveis.
 
“Quantas famílias já perderam seus bens, suas casas e sua dignidade de viver? Hoje me deparei com várias situações, uma delas onde uma senhora idosa acamada e seu filho, que precisa usar muletas. Apenas duas pessoas dentro de casa e a água já está na calçada deles. Vocês têm noção de quanto tempo cada família leva trabalhando para comprar uma geladeira, um fogão? E agora, de repente, veem tudo na lama.” discursou forte e emocionada, Fativan.
 
Em declaração, a vereadora mostrou que estará à disposição da população e do executivo municipal para, juntos, ajudar a população parnamirinense. “Agora é momento de darmos as mãos e nos unirmos. Vereadores, a gestão, a população, para minimizar o que está acontecendo”.
 
Apesar do apoio, Fativan Alves prometeu fiscalizar os trabalhos e ações da Prefeitura: “Precisamos ficar muito atentos às ações do município de Parnamirim. O que está sendo feito, como está sendo feito e por que não foi feito antes.” finalizou a vereadora.