Evandro Borges

Advogado

14/06/2024 05h04
Dois Arraiás de primeira 
 
O Nordeste está completamente fantasiado para o mês junino. No Agreste do Estado do Rio Grande do Norte, em Monte Alegre, considerada a Porta de entrada da Região as ruas estão belíssimas com bandeiras e balões, de ponta a ponta, uma verdadeira cobertura, motivando a todos para os festejos, que são muitos ainda, estando logo a frente, esperando por todos o São João e o São Pedro da maior tradição e identidade cultural. 
 
Em São José do Campestre/RN, logo no dia 1º de junho foi aberto o São João com a Casa dos Bolos, pertencente a Sandra, uma mulher de um sorriso largo e cativante, sabendo receber muito bem com seus bolos e tapiocas. Entrei na Casa de Cultura Palácio Borborema Potiguar, um grupo de quadrilha estilizada, agora organizado em Associação estava preparando as fantasias para a primeira apresentação no maior frenesi.  
 
Em Serra Caiada/RN no Portal de identificação da cidade foi edificada uma casa de taipa toda ornamentada com os motivos juninos. A venda de fogos de artifícios está por toda a parte, embora os estouros estão bem menores. Uma boa parte do comércio com a temática junina abre as suas vitrines, e muitos postos de combustíveis com os frentistas vestidos a caráter. Nos restaurantes o comum são os garçons e garçonetes trajados com camisas quadriculadas e todos embalados para o forró.
Luís Gonzaga o Rei do Baião com suas músicas encantadoras e de identidade nordestina é lembrando por todos, sendo prosa das conversas. As Escolas Municipais nos mais diversos rincões estão com as quadrilhas marcadas e prontas para participação ativa da comunidade escolar. E iniciando para os educandos da modalidade de ensino infantil, um verdadeiro aprendizado da cultura do Nordeste.
 
As comidas típicas do mês junino acompanhando a safra, pamonhas, canjicas, manguzás, queijos de coalho e de manteiga, bolos de macaxeira com ou sem coco, de batata, de mandioca (carimã), pé de moleque, milho assado e cozido, se encontram por toda parte, com os mais diversos preços, e com diversidade de sabores, umas doces e outras salgadas, com cravo e erva doce e sem temperos, tudo em conformidade com o gosto freguês e cidadão.
 
Feiras especiais de milho para a temporada estão em quase todos os Municípios. E ainda nas feiras tradicionais semanais, não falta milho verde para as iguarias do mês de junho. A mão de milho (cinquenta espigas) em alguns locais está chegando a quarenta reais, podendo variar o preço, contudo a esperança de todos que o bom inverno (em que pese alguns veranicos) que contribuiu para uma boa produção de milho e seja praticado um preço mais acessível.
 
Recomendo dois arraiás de primeira com muito forró pé de serra, que serão de fato animados, tipicamente nordestinos, pela expectativa gerada e reservas já efetuadas, pela liderança e responsabilidade dos promoventes, pelo profissionalismo e envolvimento, acolhimento que será destinado aos participantes, serão noites inesquecíveis da cultura nordestina e com muita comida típica. 
 
Em Serra de São Bento/RN, Município belíssimo, com o paisagístico deslumbrante das Serras e um clima diferenciado, aguardando em agosto o Festival de Inverno, um paraíso, está preparado, o São João da agradável Pousada Ventos da Serra, na liderança de Valmir, localizada no bairro de São João, “vai botar para ferver” nos dias 21 a 24 de junho e no dia 22/06 será animado com a participação ao vivo de Érica Show, com ingressos avulsos, ainda restando poucas vagas nos apartamentos e chalés, certamente vai ser um dos mais animados.
 
Em Bom Jesus, a expectativa é o arraiá de São Pedro já anunciado por Paulo do Queijo. Um restaurante maravilhoso todo estilizado, com a comida sertaneja e temático, nas suas dependências conta com uma casa de taipa permanente. O forró será animado por um grupo de Tangará comandado por Joelice Diniz e Titizinho na pegada, com entradas limitadas com grande procura pelos ingressos.
  
 
 

*ESTE CONTEÚDO É INDEPENDENTE E A RESPONSABILIDADE É DO SEU AUTOR (A).