Cláudia Fragoso

31/01/2022

 

Fama: todos queremos?

O que você quer? O que todos nós queremos? Será que alguém aí não quer fama? 

Em tempos de redes sociais e de excesso de valorização da imagem, muitos sonham em estar no BBB. Há também os que sonham em ser um médico famoso, de ser um palestrante importante ou que simplesmente seu vídeo, foto ou “meme” se torne viral. Para quem é autônomo, profissional liberal ou empreendedor e compreende a importância de se mostrar e mostrar seus serviços e/ou produtos na internet, sabe bem do que estou falando. E quem não tem aparentemente “nenhum trabalho” para mostrar? Aquela pessoa que simplesmente quer ser famosa e ponto final?

No maior reality show do Brasil, um participante foi eliminado por ter expressado o seu desejo (ou de sua mãe) de ser famoso. Ele deixou bem claro que o que queria era a fama, nas palavras dele “nível Beyoncé”. Parece que todo mundo ficou absurdamente chocado com a informação, tanto os participantes, quanto o público que não hesitou em eliminá-lo do programa. Fiquei me perguntando se por acaso haveria alguma criatura humana que se dispusesse a participar de um reality de tamanha proporção “apenas pelo dinheiro”.  Entenda, não estou dizendo que seja pouco dinheiro ou que alguém não possa ir por esse motivo, mas, me questiono se é possível um participante expor totalmente a sua vida daquela forma e não desejar a fama. Afinal, todos sabemos que existe uma série de oportunidades para um ex-bbb. No mínimo, ele será convidado para ir a festas de famosos, fazer propaganda ou virar influencer Todas as opções dão muita visibilidade.

Quem não tem intenção de participar de um programa que invade a vida dessa forma não está isento de desejar a fama. Ser famoso implica em ser muito visto, em ter por perto muita gente, em ser admirado, desejado, muitas vezes não poder andar na rua, nem fazer uma refeição em um restaurante. Muitos anseiam por isso, querem ter essa vida rodeada de pessoas que querem estar presentes o tempo todo. Enquanto escrevo o texto fico visualizando a cena. Penso em Juliette, por exemplo. Quanta vida não vivida! E ao mesmo tempo, quão querida ela é!

O que, afinal, está por trás desse desejo tão grande de ser muito famoso? Talvez, nos dias de hoje, nos sintamos tão invisíveis que precisamos de um palco muito grande para que nos vejam. Talvez tenham nos calado por muito tempo. Vivemos num mundo tão acelerado e louco que muitas vezes não encontramos tempo para olharmos para nós e percebermos como temos muito a oferecer ao mundo! Você não precisa de um reality para ser visto; você precisa de si! Você precisa olhar bem no fundo dos seus olhos, do seu coração e encontrar a sua verdade, o seu propósito e viver isso todos os dias! Pode mostrar isso em um BBB? Claro! Pode mostrar isso em vídeos no Instagram? Lógico! Pode simplesmente não querer palco? Sim, o que não pode é calar e esconder o que há de melhor em você!

 “Ninguém acende uma lâmpada para escondê-la debaixo de uma vasilha ou colocá-la debaixo da cama; ela é posta no candelabro, a fim de que os que entram vejam a claridade”. (Lc, 8,16)